quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O Termômetro da espiritualidade!!!

Há muito tempo tenho pensado sobre esse assunto. Espiritualidade.
Mas, qual espiritualidade? Espiritualidade de quem? Somente minha? A espiritualidade das outras pessoas?
Acho difícil medir a nossa espiritualidade, imagina a dos outros. Mas, não é isso que venho escutando e não é isso que os outros tentam ensinar-nos, não é mesmo? Mas, sinto lhe informar, o tal termômetro da espiritualidade não existe. Nunca vai existir, nunca existiu.
Venho há muito tempo escutando.
“Nossa, você viu como a fulana é espiritual?” ou “Ciclano esta mais espiritual do que antes”.
Ou... “Você precisa ser mais espiritual.

Sinceramente não concordo com isso. Todos nós somos seres espirituais. Alguns ligados no mesmo Espirito. Acho que somente Deus pode nos conhecer tão bem assim. Somente Ele pode conhecer nosso coração da forma que ele realmente é ou esta. Podemos fingir e enganar muitas pessoas com a nossa “famosa espiritualidade”, mas não podemos enganar a Deus. Ele é nosso Pai e nos conhece como somos e o que somos. E na boa, não precisamos provar para ninguém. Não precisamos mostrar o quanto espiritual somos, porque o que somos realmente seremos sempre e pronto. Tenho encontrado tantas pessoas fingindo ser o que não são para agradar aos outros. Para ser aceito, ou para os outros o verem como a pessoa mais espiritual do momento.
Acho que existe pessoas intimas de Deus sim, a ponto de transbordarem o amor dEle por outras pessoas, mas essas pessoas não precisam ficar falando em palavras para mostrar isso. Afinal, o evangelho não é aquele que falamos, mas sim aquele que vivemos.
Um exemplo disso é quando ficamos sabendo de que alguém não era bem aquilo que demonstrara ser ou falava ser. Quantas vezes isso aconteceu e vai acontecer?
Nessas horas eu fico pensando que seria bom que existisse o termômetro da espiritualidade, aonde pudéssemos verificar se é realmente verdade o que aquela pessoa demonstra ser.
Mas acho que se isso fosse possível não iriamos precisar dessa advertência de Jesus.
“ Acautelai-vos, porem, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.” Mateus 7:15

Bom, é isso... Deus abençõe vocês.
E espero que essa chuva pare logo por aqui =/ .

3 comentários:

Cris disse...

Oi, querida! Tudo bem?
Fiquei uns dias off porque mudei de casa, mas já estou de volta.

Isso de ser ou não espiritual é um perigo...ouço muita gente querendo se "consultar" com a fulana porque ela é espiritual. Já viu isso? Deus manda recado por quem Ele quer e na hora que Ele quer, não precisa marcar hora com ninguém. Daí a pessoa já fica super importante, cheia da "unção". As pessoas tem muito preconceito com os evangélicos, mas infelizmente nem tudo está errado nas reclamações que ouvimos. Alguns cristãos dão motivos para essa imagem que temos. Nós oramos para fazer a coisa certa e não desagradar a Deus. Que Ele julgue. Mas aquele que está de pé, olhe para que não caia. Não é mesmo?

Bjs e fica com Deus.

Danilo Fernandes disse...

Ola Katy!

Visitando blogs para divulgar o nosso Genizah encontrei seu blog. Supresa boa. Ótimo material inédito e bons posts em geral. Parabéns.

Aproveitamos para convidá-los a conhecer o Genizah, um blog que faz apologética com muito humor e dá bom combate na heresia e nos modismos que tanto mal andam fazendo à difusão do Evangelho puro!


Vejo vocês por lá. Já estamos seguindo vocês.

Paz e Bem.

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Rubinho Pirola disse...

OLá, Katy!

Obrigado pelo comentário no meu blog. Acabei de ler o seu e gostei imenso.
Por incrível que pareça, deixei um post por acabar hoje no meu, sobre essa sua preocupação sobre a espiritualidade. O dia - reforçando a mensagem de ontem, não foi nada fácil... (aguarde que amanhã, se tudo correr bem, termino-a, rsrsrs).
Os espirituais que me perdoem, mas essa espiritualidade com aura e auréola visível, mostra justamente o oposto. Se é espiritual, não dá pra ser visto facilmente, né?
O que mais temos hoje, é gente flutuando e não sendo o que Deus, creio eu, deseja: homens. Gente. Mas não terrenas ou animais, mas homens, segundo Ele criou e vimos em Cristo. Ih! Pronto! Já adiantei-me, hahahahah...
Como vc é da "moda", dia desses, conto no blog, a experiência com a minha filha, na sua área, em Londres.
Beijão. E que o Senhor continue a guardá-la em fé e integridade.

Rubinho